terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

nostalgias.

«- Um dia vi o pôr-do-Sol quarenta e três vezes!
E, pouco depois, continuaste:
- Sabes... quando se está muito, muito triste, gosta-se do pôr-do-Sol...
- No dia das quarenta e três vezes estavas assim tão triste?
O principezinho não respondeu.»

Saint-Exupéry

Zuza, remexendo a caixinha das recordações

4 comentários:

Sara disse...

E eu que nunca li este livro, hein?

Minhocas na Maçã disse...

Nunca é tarde demais Sara. =)

Enthilza disse...

E eu que o diga, que nunca o lera na infância mas há um ano atrás encontrei-o escondido numa biblioteca e devorei-o numa tarde.

Paulinha disse...

Este livro tem varias interpretaçoes consoante a idade e a mentalidade com que se le. É encantador por isso mesmo.