sábado, 3 de novembro de 2007

Mais um dedo na ferida.

Ponte, 2 de Novembro. Cinema. Corrupção, o filme inspirado no livro Eu, Carolina.

Superou, de todo, as minhas expectativas. Não vale a pena contar a história porque é do conhecimento de todos ou, pelo menos, deveria ser. Não pensei que estivesse tão fiel, tão explicito e detalhado. É um filme que vai gerar polémica. A actriz Margarida Vila-Nova desempenhou o papel de Sofia (Carolina Salgado), e como boa actriz que é, deixou-me sem palavras quanto à sua actuação. Foi realmente do outro Mundo.

A sensação de ver o filme, ver passagens do mesmo e recordar os telejornais a relatar a agressão deste, a fuga daquele, é arrepiante. Até mesmo a capa do livro, que no fim é editado, é idêntica. A fotografia de Margarida Vila-Nova captou perfeitamente os traços da original. Apenas mudou o título, obviamente. Vejam, vejam que vale a pena.

Gostei particularmente de uma parte no final em que ela pergunta algo do género: «E agora? Agora o que é que eu faço com a minha vida?» (Após a relação se começar a desmoronar.) Ao que ele responde: «Olha, escreve um livro!» E daí surgiu o livro Eu, Sofia.

* na imagem: Nicolau Breyner a representar Pinto da Costa e Margarida Vila-Nova a representar Carolina Salgado.


Eu, Zuza

4 comentários:

mik@ disse...

nao questiono a representação dos actores, são ambos muito bons. agora nao gasto 5€ pra ver esse filme. a historia nao me seduz minimamente....

Ska disse...

Tem 2 bons pontos este filme: A Margarida a fazer de carolina (portanto... nua!) e o Nico a fazer de PC (portanto, portista!)
Só por isso é capaz de valer a pena

Minhocas na Maçã disse...

Mik@: Fazes muito mal.

Ska: Sim, tem la momentos de sexo bem explicito.

Sara disse...

Perguntei à minha mãe se queria ir ver o filme e ela disse que não estava para pagar vestidos de estilista a alternadeiras. LOL

Assim sendo ela não vai, mas como eu dou muita esmolinha, até vou. Hoje. Depois logo se vê.

Obrigada pela visita.
Volta sempre!

:)**