terça-feira, 4 de março de 2008

primeiro dia

Terça-feira: tarde livre. Apesar do teste de filosofia no dia a seguir, o belo do passeio na praia soube mesmo bem. Pensei e não pensei, só a espuma das ondas o sabe. Deitei-me na areia, ri, gritei, chamei à atenção. Depois de um sundae de caramelo com extra cobertura tudo faz mais (menos) sentido. Nunca mais é sábado, ou então nunca mais é Verão.

abreu, "são estes momentos que fazem bem à alma"

1 comentário:

tanokas disse...

concordo nc ´mais é verao...
bj