segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Oitava Maravilha

Para mim, a melhor invenção a seguir à electricidade. Uma ideia que gerou um espaço... Um espaço mágico, enriquecedor, pedagógico, cultural e principalmente divertido. Criada por Max Théreth e André Essel (franceses?!), dois visionários que queriam iniciar um tipo de comércio diferente, a Fnac é simultaneamente uma loja e um espaço para descontrair, onde a cultura e o lazer vêm sempre em primeiro lugar. Concertos, sessões de autógrafos, exposições de fotografia são alguns dos muitos privilégios que os clientes têm. Definitivamente, algo que se irá tornar num império mundial. Mal não faz!


.abreu.

1 comentário:

Mia disse...

é incrivel sempre que me falam da fnac lembro me de varios acontecimentos interessantes.. alguns comigo e outros com terceiros.. porque é que será? será que é por toda a gente passar a vida na fnac? enfim.

Entao fnac.. sitio dedicado a revelaçoes:

Eu: Olá André!
André: Mia olá!
[conversa de treta]
Eu: adeus André!
André: Adeus!
[pronto eu sei que até aqui nao tem interesse, mas ja vao ver o interessante]
Uma amiga minha: O André é um sujeito muito suspeito nao?
Eu: Claro que nao.. o que é que ele tem de suspeito.. enfim tens uma imaginaçao muito fertil.

André tens mesmo de dar menos nas vistas ;)

Bem fnac também é sitio de discussoes:

Iolas: vamos voltar para tras nao vi bem o sujeito;
André: nao estás louca?
Iolas: claro que nao estou louca entao passamos por ele e so avisas depois que era ELE.. isso nao se faz!
André: oh esquece lá isso vamos é embora.

enfim depois de muita discussao, empurroes, puxoes e de terem chocado todos os velhinhos que se encontravam presentes lá se foram embora.. Abreu conseguiste a Iolas nao conheceu o sujeito!

e pronto fnac local de muito mais acontecimentos, mas pronto vou parar de expor a vida do Abre Eu que ele ainda me mata =P