domingo, 12 de agosto de 2007

Uma Vida em Mil Pedaços.

FIM.

Contracapa: «Um homem de vinte e três anos acorda a bordo de um avião num estado lastimável, sem fazer a mínima ideia do que lhe aconteceu. Evidencia sinais de ter sido alvo de extrema violência. Esse homem é alcoólico desde os treze anos e consome todo o tipo de drogas que consegue encontrar, especialmente crack. No aeroporto de Chicago, os pais que ele mal suporta acolhem-no e levam-no para uma clínica de reabilitação no Minnesota, considerada uma das melhores em todo o território dos Estados Unidos. Aí é informado de que, se não parar imediatamente de consumir, não chegará a completar o seu próximo aniversário. As seis semanas seguintes são uma escalada a pulso, de uma dureza brutal, narrada num estilo minimalista onde não transparecem vestígios de autocomplacência e que resulta absolutamente arrebatador. Este livro foi largamente inspirado na experiência pessoal de James Frey, que escreve na primeira pessoa. (...)»

Adorei, devorei, chorei, tive medo, fiquei chocada, sorri, tive raiva, tive pena, imaginei, quis mais mais mais. Acabei.

Provavelmente um dos melhores livros que já li.

Para quem o vai ler, um conselho: não façam como fazemos a maior parte das vezes em que lemos a última página do livro. Este irá perder muito do seu encanto final.

[Próxima leitura: O Perfume]


Zuzuu ^^

6 comentários:

psique disse...

O perfume é viciante mesmo muito.

Minhocas na Maçã disse...

Espero q tenahs razao. Já o tinha começado a ler mas desisti. Já recomecei.

Rita disse...

E ainda ontem tive com o livro na mão, e não o comprei :$
Mas não volta a acontecer! ^^

Quando lhe pegar, compro-o! :)

Minhocas na Maçã disse...

Força. Eu comprei o meu nao feira do livro de Cascais. Mais barato :P

Rita disse...

Pois, os livros estão cada vez mais caros xD

E ainda por cima, quando começo um livro gosto de acaba-lo logo no dia seguinte :$
(Mas tem de ser interessante xD)

E agora, gostei desta breve iniciação :)

Minhocas na Maçã disse...

Depende do livro. Ando sem vontade de ler o Perfume. =X